Cenas de um Casamento Verde

Foi em 1995. Uma festa inovadora, ousada, fora dos padrões para a época. O evento, com seus vários detalhes inusitados, é lembrado e - posso dizer com orgulho de party designer - copiado até hoje.

Naquela época ainda não se falava muito de ecologia e sustentabilidade, mas essa festa pode ser classificada como um EventoVerde. Tudo foi feito intuitivamente, seguindo os desejos e valores pessoais da noiva.

A seguir, alguns destaques do evento:

1. A começar pelo convite. Feito em papel kraft, com formato moderno e escrito em linguagem coloquial, o convite já mostrava que aquele evento seria algo diferente do usual.
EventoVerde 1: ainda não se produzia papel reciclado em escala como hoje. O kraft foi a opção com apelo mais ecológico e natural encontrada no mercado.


2. A cerimônia e a festa aconteceram no mesmo local, no jardim da residência dos pais da noiva.
EventoVerde 2: preocupação com o deslocamento dos convidados; menos desperdício com decoração; redução no consumo de combustível.

3. O evento foi realizado 95% ao ar livre, com a luz natural de um fim de tarde primaveril e um início de noite sob a luz da lua cheia.
EventoVerde 3: redução no consumo de energia elétrica.


4. A noiva, em seu vestido florido de primeria locação*, seguiu para o altar acompanhada de ambos os pais (nunca entendi porque a mãe da noiva fica de fora nessa hora).
EventoVerde 4: *para quê gastar uma fortuna em algo que se vai usar apenas uma vez?


5. Sem criança pequena na família, o papel de Dama de Honra foi linda e emocionantemente cumprido pelas avós da noiva, ao som de Edelweiss, de "A Noviça Rebelde", ao violino.
Evento Verde 5: ser ecológico é saber valorizar o ser humano em todas as fases de sua vida. As duas senhoras sentiram-se extremamente amadas com esse gesto.


6. Sendo uma festa em casa, de caráter íntimo, não houve exageros no número de convidados (180 pessoas estavam presentes e se divertiram a valer com muita dança e música ao vivo de qualidade).
EventoVerde 6: menos gente = menos consumo de CO2 = menos desperdício = menor produção de lixo.

7. Para os comes e bebes, um coquetel volante simples, saboroso e elegante.
EventoVerde 7: além de ser uma opção ecologicamente correta por vários motivos, é sempre bom lembrar que elegância e simplicidade andam de mãos dadas!

8. Nada de mesa de doces extravagantes. Apenas uma mesa com o bolo - de verdade - decorado com flores naturais, e chocolatinhos e biscoitinhos especiais no café.
Evento Verde 8: foco no essencial.

9. Na decoração, flores da estação e lounges brancos espalhados no gramado.
EventoVerde 9: nenhuma flor foi "sujeita a trabalho forçado", ou seja, a escolha das flores levou em consideração a época e o local de cultivo.


10. Os convidados foram embora sem "lembrancinhas", mas com muitas lembranças memoráveis - prova disso foram os inúmeros telegramas e telefonemas de parabenização pela festa nos dias, meses - e até anos - seguintes.
EventoVerde 10: se a lembrancinha não for algo realmente útil e especial, melhor não gastar dinheiro com algo que, invariavelmente, cairá no purgatório de uma gaveta escura antes de seguir para o seu fim, na lixeira. Foco no essencial, mais uma vez!

(Uma última observação: interessante como a qualidade e a estética (ângulos, enquadramentos, motivos, etc.) das fotos também mudam com o tempo. Apesar de feitas por profissionais qualificados, parecem simplórias e amadoras quando comparadas às fotos dos tempos atuais. Quanta diferença!)

(Ah! Sim... A noiva, no auge dos seus recém-completados 25 anos, era eu!)

4 comentários:

Stellinha disse...

E os parabéns continuam, sua festa foi linda!!!
Felicidades pra vc!

Tatiana Corrêa disse...

Que coisa mais linda! Juro que me emocionei! Bjs!

Anônimo disse...

adorei!!!

Dêndera disse...

me encantei...parabens!!!